Pesquisar este blog

domingo, 9 de março de 2014

Eu,.......vida

Poema de Tarso Corrêa de 12/01/2007.


Eu,......Vida

A vida é tempero, pimenta malagueta ardida,
Vermelho em brasa,
Refresco de menta, é pura birita, de porre longe de casa.
É para ser vivida, sentida, pode até ser sofrida;
Cabe a nós deixá-la colorida.
Que venha dia após dia
Da cor que vier, do modo que quiser,
Eu quero cada vez mais sugá-la até querer mais e mais.
Quero entranhar no teu útero, que úmido me aquece, me arrefece.
Sei que sou camaleão, transmudo de cor com a situação.
Tem dias que sou verão, outros sou inverno..... inferno?
Mas sempre vida, vida.................vida.

Verdades Puídas

Verdades Puídas - poema de Tarso Correa A verdade é um pouco das mentiras que nos contam! Várias incorporei por comodidade, Outras por i...